494 JERUSALÉM CELESTIAL

  1. JERUSALÉM CELESTIAL

  1. Jerusalém celestial,

Mansão de paz tão divinal!

De aspe tem muro em redor;

Onde é a luz, o meu Senhor.

JERUSALÉM, MANSÃO DE LUZ,

JERUSALÉM DE MEU JESUS!

CIDADE QUE P’RA NÓS FEZ: DEUS;

ETERNA GLÓRIA PARA OS FILHOS SEUS.

  1. Um rio tem, e qual cristal,

Cuja água faz ser imortal;

As árvores lá mui belas são,

E p’ra curar oh! servirão.

  1. Ali não há mais pranto e dor;

A maldição não tem vigor;

A noite foi e não vem mais;

O sol raiou, passaram os “ais”.

  1. Ali verei o meu Senhor,

Contemplarei seu resplendor,

E cantarei o seu louvor

Em gratidão e com fervor